Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Como a Arquitetura Corporativa melhora a qualidade do trabalho?

30 NOV 2018 - 00H00 | ATUALIZADA EM 30 NOV 2018 - 15H32

Planejar bem o escritório é uma questão crucial para a produtividade, resultado e qualidade de vida profissional. Tudo isso leva à qualidade do trabalho realizado. Quem não quer isso para o seu negócio?

No entanto, mais do que uma ambientação descolada ou deslumbrante para os olhos, é preciso pensar em funcionalidade. A atuação da equipe tem de ser facilitada por recursos alocados estrategicamente. Tecnologia, comunicação visual, ergonomia, acessibilidade e muitas outras disciplinas estão envolvidas aí.

É preciso lembrar (sempre) do fator humano, pois é ele quem está por trás de todos os aspectos de uma organização. Portanto, o projeto arquitetônico deve entender muito bem do homem e suas dimensões subjetivas.

Levando em conta questões como essas, você vai entender melhor como a Arquitetura Corporativa é capaz de melhorar o desempenho do seu time.

A qualidade do trabalho e suas diferentes facetas

Há diversos prismas abrangidos na expressão “qualidade do trabalho”. O que ela quer dizer, afinal?
Embora cada empresa deva ter seus parâmetros e métricas para uma análise particularizada, é possível relacionar alguns pontos fundamentais. Como, por exemplo: eficiência das soluções, rapidez no cumprimento de prazos, aquisição e retenção de clientes, clima organizacional favorável e atingimento de metas.

Para se ter tudo isso é natural que as lideranças tenham de ser inspiradoras, que a gestão seja ágil e perspicaz, e que os talentos certos estejam nos lugares certos.
Contudo, a Arquitetura Corporativa também contribui para que o resultado das atividades seja ainda mais satisfatório.

1 – Fortalecimento da identidade
O projeto reflete a cultura da organização e, assim, contribui para que todos estejam devidamente alinhados com ela. Esse alinhamento é indispensável para que o trabalho siga no caminho correto.

2 – Foco no resultado
Um ambiente pensado exclusivamente para a realidade daquela equipe se torna propício a sua concentração e também ao relaxamento, quando necessário. Sem preocupações com recursos, conforto e organização, o pessoal se torna mais focado nos resultados a serem atingidos.

3 – Saúde em dia
As longas horas dentro do escritório podem levar ao cansaço, estresse e até a algum problema físico. Isso é possível quando não existe preocupação com as condições do espaço. Mas a Arquitetura Corporativa prevê soluções que visam garantir, por exemplo, a correta postura nas estações de trabalho, o conforto termoacústico e o isolamento do som (ruídos). Dessa forma, a saúde dos colaboradores não corre risco e a qualidade do trabalho é assegurada.

4 – Segurança
Um ambiente instável gera desconforto e, consequentemente, falta de concentração. Isso não tem a ver apenas com o clima do relacionamento organizacional. Tem a ver também com os parâmetros de segurança.

Fonte: Guia das persianas